A Bússola de Ouro - Philip Pullman

10:27 AM

A Bússola de Ouro - Fronteiras do Universo

                                   

Quando Lyra recebe o aletiômetro estranho e misterioso, se inicia uma jornada extraordinária para as terras geladas do ártico, onde clãs de bruxas e ursos de armadura travam uma luta decisiva. Seu destino terá consequências inimagináveis, muito além do mundo em que ela vive...
Título: A bússola de ouro
Autor: Philip Pullman
Editora: Objetiva
Gênero: Romance; Série; Fantasia;
Tipo: Trilogia






A Bússola de Ouro tem como título original "As Luzes do Norte" e já foi adaptado para o cinema em um filme que estreou no ano de 2007, com mesmo nome do título do livro. A história do volume um conta sobre as aventuras de Lyra Belacqua, uma jovem de 12 anos de idade, que cresceu sem saber quem eram seus pais criadas pelos catedráticos da faculdade Jordan, em Oxford uma tranquila cidade na Inglaterra, para onde foi trazida por seu tio Lorde Asriel. Diferente do mundo que conhecemos, no mundo de A Bussola de Ouro, todos os seres humanos tem um dimon, que representa sua alma, estás fascinantes criaturas tem formas de animais e só assumem uma forma fixa que representa a personalidade de seu dono após a puberdade. Nenhum humano pode tocar no dimon de outro humano, e nenhum humano pode se afastar de seu dimon... Jamais. 

E é baseado nesta separação que a bússola de ouro desenrola todo seu enredo. Na cidade onde Lyra vive e em todo o mundo crianças estão desaparecendo pelas mãos de criaturas que ficaram conhecidas como "Globbers" as teorias sobre o que eles faziam com as crianças eram terríveis e em seu mundo de faz de conta com seu melhor amigo Roger, ela adorava brincar de caçar a estes perseguidores de crianças. O que Lyra não sabia é que um dia Roger seria pego e após ganhar um misterioso presente do reitor de sua faculdade e de embarcar em uma grande viagem seu único objetivo é salvar seu melhor amigo e quem sabe todas as outras crianças.


Algo que eu sempre venho dizendo em minhas resenhas é a importância de um autor prender o leitor até o final do livro. E sobre como isso diferencia um autor bom de um autor ótimo. Eu quis ler a Bússola de Ouro, principalmente porque já havia visto o filme quando era bem mais nova e eu fiquei fascinada. O filme obviamente tinha uma sequência que até hoje não foi lançada e anos mais tarde após ver o filme eu descobri que a Bússola de Ouro também era um livro, então meu desejo por ler a trilogia era algo notável porque eu realmente estava muito curiosa para saber o que aconteceria a essa pirralha travessa e corajosa que era a Lyra. Li o primeiro livro novamente mesmo tendo visto o filme, e fico muito feliz de dizer que 90% do filme é fiel ao livro, de diferente existem alguns detalhes não tão importantes, algumas cenas também por que o livro contém 365 páginas e o final que é BEM diferente. Mas em suma, o filme ficou ótimo. Mas o livro... Gente, o que é esse livro?

A grande magia do cinema são os efeitos e as cores e o brilho que as imagens permitem que nós vejamos, mas Philip Pullman, quando desenvolveu está história guiou a narrativa com tamanha maestria que você vive aquilo, junto de Lyra. Mesmo que o filme seja fantástico e eu recomendo que vocês vejam, o livro é uma obra de arte. 

Passei o dia inteiro ontem lendo para conseguir terminar e fazer a resenha e eu me deleitei com cada página. Não existe uma parte ruim em que você pensa; "Ah, já que está um pouco chato, farei uma pausa para o café". O livro é inteiramente repleto de mágica e cheio de envolvimento e você quer muito fazer parte daquele universo, você se conecta com o drama de Lyra e de seu dimon e torce tanto para que tudo dê certo no final que conforme as coisas vão acontecendo você vai seguindo emocionalmente a trama como uma montanha russa. 

Os personagens são fantásticos. São lindos, são maravilhosos, são tão bem elaborados que você quer que eles existam. Quer que todo o enredo seja verdade. A inteligencia de Pullman, foi tamanha que ele desenvolveu uma história tão bem estruturada e mesmo tendo publicado o primeiro livro em 1995 você sente que tudo poderia ser bem atual ou futurístico. Ou simplesmente paralelo. Nada massante, nada antigo, tudo muito bem escrito e desenvolvido. 

Devo admitir que estou apaixonada pelo livro, morrendo de curiosidade para ler o próximo e recomendo que vocês deem uma oportunidade porque esse livro não vai decepciona-los. Para quem curte o gênero fantasia e ficção vai adorar. 

"E ela se viu livre, e Pantalaimon pulou para ela como um raio. Ela o apertou contra o peito, e ele enfiou as garras de gato-do-mato na carne dela, e a dor era agradável.               - Nunca! Nunca! Nunca! - Ela gritou, e se enconstou a parede para defendê-lo até a morte de ambos." 

You Might Also Like

0 Comentários

Muito obrigada pelo seu comentário!

Popular Posts

Like us on Facebook

Flickr Images