Cinderela Pop - Paula Pimenta

9:36 AM

Cinderela Pop - Princesas Modernas

                                   Cintia é uma princesa dos dias atuais: antenada, com opiniões próprias, decidida e adora música! Essa princesa pop morava com os pais em um castelo enorme de onde via toda a cidade. Todas as noites ela olhava pela janela, de onde ficava admirando a vista e sonhando... com um príncipe que ainda não conhecia.Porém, um dia, o castelo de Cintia desmoronou e com ele tudo à sua volta. Desiludida, ela deixou de acreditar em romances e teve que reconstruir cada parte de sua vida, sem deixar o mínimo espaço para o amor.Ela só não contava com um detalhe... Havia mesmo um belo príncipe em sua história. E tudo o que ele mais queria era descongelar o coração da nossa gata (nada) borralheira!



Título: Cinderela Pop
Autora: Paula Pimenta
Editora: Galera Record.
Gênero: Romance, ficção brasileira. 
Tipo: Série Princesas Modernas




Cintia tinha uma vida perfeita... Antes de os pais se separarem! Depois disso, foi arrancada de seu castelo, perdeu o contato com seu pai e passou a viver com sua tia, porque sua mãe estava ocupada com um projeto arqueológico no Japão. Apesar de ver sua vida de princesa ser arruinada, Cintia conseguiu se adaptar a sua nova vida de plebeia e até mesmo pensou ter se encontrado na música que ela conheceu graças ao namorado de sua tia que era DJ e permitia que ela tocasse de vez em quando. 

O único problema aconteceu quando a escola decidiu proibir o uso de celulares até mesmo na hora do intervalo que era a única hora em que Cintia conseguiria falar com sua mãe que estava do outro lado do mundo. Com o surgimento deste problema ela foi impelida a recontatar o pai e é assim que começa a história da nossa Cinderela... 


Curiosidade, é tudo o que eu posso dizer. Fiquei muito curiosa para finalmente poder ler este livro. Primeiro porque é difícil que qualquer escritor consiga reescrever uma história inspirada em algum clássico literário e recria-lo de forma que não se torne massante, ou óbvio demais. Bem ou mal, todos nós podemos imaginar o final (felizes para sempre), mas se nos permitirmos deixar que o autor nos surpreenda ler um livro é sempre mágico. 

Posso afirmar com certeza que Paula Pimenta tornou este livro mágico. Para começar o enredo é super óbvio, mas bem elaborado, isso porque para quem conhece e adora a história da Cinderela (COMOEU!!!) é fácil reconhecer os personagens e as características das personalidades marcantes de cada um, ela manteve isso fielmente no livro, mas não deixou de inovar, ela conseguiu transportar todo o período histórico do clássico original para a época em que estamos agora, todas as situações problemas e todas as relações dos personagens, todo o contexto é moderno e atual e isso é muito interessante porque trouxe um novo ar para a história. Era a história da Cinderela, mas era uma Cinderela diferente. 

Particularmente adorei a forma como ela manejava a escrita, nunca se tornava massante, nunca se tornava uma leitura cansativa ou mal elaborada, enquanto eu lia eu conseguia acompanhar o ritmo de forma sútil sem nunca precisar parar por cansaço ou por qualquer outra razão, e por ser um livro curto de 156 páginas realmente não foi necessário parar de ler. Apesar do número de páginas eu não percebi nenhum lapso ou falta de alguma informação no decorrer do livro. 

Estava muito curiosa para ler algum livro da Paula Pimenta, qualquer um que fosse, apenas porque todas as pessoas que eu conhecia e que já haviam lido algum livro das séries Fazendo meu filme ou Minha vida fora de série eram apaixonados pela escrita da autora e por ser uma autora nacional ela realmente merece reconhecimento. Apostei com fé no livro, mesmo sabendo que por ser inspirado em um clássico e por ser um livro curto eu poderia me decepcionar, é com prazer que recomendo a leitura e  indico que vocês conheçam o trabalho da autora e se vocês já conhecem acompanhem mais esse trabalho porque realmente vale a pena. 


Eu não imaginei que gostaria tanto de Cinderela Pop, na verdade, minha grande felicidade foi com a graciosidade do livro. Foi muito gostoso ler, é um livro leve, você já conhece a história, mesmo assim pode ser surpreendido, existem momentos em que você fica nervosa, existem momentos em que você ri, existem momentos em que você suspira e eu fiquei tão feliz com o final da leitura desse livro que já me permiti comprar o Princesa Adormecida que também é da autora e promete seguir a mesma onda do Cinderela Pop. 

Nada realmente me deixou com aquela sensação de "eu não estava esperando por isso", mas o livro me prendeu de verdade e isto é algo que eu realmente admiro. Existem autores fantásticos que criam universos, personagens e tramas fantásticas, mas que não conseguem te prender tão bem quanto outros e isto é uma pena. Por que na minha sincera opinião o que faz de um livro bom é o tamanho do engajamento que ele te proporciona. Se ele é simples, mas você não conseguiu larga-lo por um segundo, ou roeu os dedos de tanta curiosidade, isso é o que importa é ai que o autor atingiu seu objetivo, e eu acredito que a Paula conseguiu isso comigo e com várias outras pessoas.  Estou realmente feliz de poder recomendar esta leitura e indico ela principalmente para as pessoas que gostam de uma leitura suave, divertida, corrida, sem muita complexidade, mas que com certeza vai te entreter até você acabar o livro (isso se conseguir parar de ler). 
"- Você sabe que eu não vou deixar você fugir nunca mais... - Ele falou em meu ouvido enquanto dançávamos.   - É bom mesmo... - respondi - Porque parece que finalmente o meu coração está batendo no ritmo certo.
- Pop? - perguntou, rindo. Confirmei [...]"
Página. 146

You Might Also Like

0 Comentários

Muito obrigada pelo seu comentário!

Popular Posts

Like us on Facebook

Flickr Images